Beira Mar Koerich Office

Av. Mauro Ramos, 1970 - Centro, Florianópolis - SC,

contato@belmattos.com

 Resumo do Livro: Florescer

Autor: Martin P. Seligmann ph.D 

362 páginas

Resumido por: Bel Mattos

Martin Seligman, Ph.D, é Psicólogo, Professor na Universidade da Pensilvânia, onde em 2005 foi aprovado o Mestrado em Psicologia Positiva Aplicada, curso que ele coordena desde então,e que é uma das especializações mais concorridas em Psicologia pelo seu conteúdo transformador tanto do ponto de vista profissional quanto pessoal.

Selligman é uma grande referência na área de Psicologia, em 1997 foi Presidente da Associação Americana de Psicologia nos anos seguintes presidiu outras importantes Associações de Psicologia dos Estados Unidos.

 

Selligman inicia o livro fazendo um comparativo entre seus estudos que resultaram no livro Felicidade Autêntica e descreve o resultado da continuidade e aprofundamento destes estudos em Florescer.

 

Florescer narra exemplos práticos de programas desenvolvidos para fortalecer psicologicamente soldados, desenvolver a resiliência em adolescentes, como os princípios da Psicologia Positiva contribuem para astronautas em viagens espaciais, sobre a importância de se desenvolver a espiritualidade humana como um alicerce de autoconsciência que envolve reflexão e introspecção para obter discernimento sobre questões importantes da vida, além de discutir os benefícios da Psicologia Positiva em casos de Transtorno de Estresse Pós Traumáutico, e como seus princípios contribuem para a saúde física, explicando como as variáveis psicológicas influenciam o adoecimento.

 

Florescer

Resultado do aprofundamento dos estudos apresentados em

Felicidade Autêntica

 

Na Teoria Original apresentada no livro Felicidade Autêntica, a felicidade é descrita como uma coisa real que poderia ser analisada a partir de 3 elementos:

Emoção Positiva- o que sentimos que nos proporciona uma vida agradável

Engajamento- é a entrega o flow, é o envolvimento cognitivo e emocional que nos proporciona uma vida comprometida e

Sentido- Consiste em servir e pertencer a algo maior que você mesmo.

 

Quanto mais emoção positiva, engajamento e sentido, maior o nível de satisfação com a vida.

 

No livro Florescer a palavra Felicidade foi substituída pela expressão Bem-estar, que trata-se de um construto, é uma teoria de livre escolha, com 5 elementos em que cada elemento possui 3 propriedades que os validam:

 

1) Contribui para a formação do bem-estar

2) O interesse está nele próprio

3) É exclusivo e independente dos outros elementos.

 

Segundo a Psicologia Positiva os elementos necessários ao Bem-estar são:

 

1) Emoção Positiva- satisfação com a vida, sensações agradáveis- Segundo Seligman a emoção positiva vai muito além de uma sensação agradável, “ela é um sinal evidente de que está havendo crescimento, de que está havendo um acúmulo de capital psicológico.”

2) Engajamento- envolvimento cognitivo e emocional, comprometimento

3) Sentido- Pertencer e servir a algo que seja maior do que o eu

4) Realização- é o prazer da conquista por participar da construção de algo

5) Relacionamentos Positivos- As outras pessoas são o melhor antídoto para os momentos ruins da vida e a fórmula mais confiável para os bons momentos. Segundo Seligman, o principal poder que alguém pode ter é a capacidade de ser amado, é essencial para o bem-estar humano a busca por relacionamentos.

Os mais importantes biólogos do mundo reuniram evidências que comprovam que a unidade primária da Seleção Natural é o Grupo. Nick Humphrey, um estudioso de Psicologia já afirmou que o cérebro é um solucionador de problemas sociais, não de problemas físicos.

 

O Objetivo da Psicologia Positiva é promover o Florescimento.

 

Para Florescer um indivíduo deve ter todas as características essenciais que são:
Emoções Positivas, Engajamento e Sentido. E além das essenciais, ter 3
das 6 características adicionais que são:

 

Autoestima - De modo geral sinto-me muito positivo em relação a mim mesmo

Otimismo- Tenho boas perspectivas em relação ao meu futuro

Resiliência - Quando as coisas dão errado na minha vida, geralmente levo pouco tempo para voltar ao normal”

Vitalidade – Tenho energia, tenho impulso e força para agir

Autodeterminação- Tenho foco e força para fazer o que me propus

Relacionamentos Positivos- Em minha vida há pessoas que se importam comigo

 

Além do embasamento teórico sobre a Teoria do Bem-Estar, Seligman nos presenteia neste livro com exemplos práticos, metodologias e experiências bem-sucedidas com Ferramentas da Psicologia Positiva. Entre elas exemplos de:

 

Exercícios de gratidão- Estes exercícios têm o objetivo de estimular a pensar e desfrutar os eventos bons que nos acontecem todo os dias. É importante compreender que graças ao nosso processo evolutivo, que fez com que nossos ancestrais fossem capazes de prever as situações mais catastróficas, se preparando para o desastre e sobrevivendo a era do gelo, por exemplo, a maioria de nós tem mais facilidade para enfatizar os aspectos negativos do que os positivos da nossa vida. Por isso exercitar a gratidão é tão importante.

 

RAC (Resposta Ativa Construtiva)- A forma como você reage quando uma pessoa lhe conta uma novidade pode fortalecer ou minar o relacionamento. Ela funciona assim: Ouça atentamente cada vez que uma pessoa importante para você contar algo bom que lhe aconteceu.

Pare o que estiver fazendo para responder ativa e construtivamente. Peça para a pessoa lhe contar o fato em detalhes; quanto mais tempo ele ou ela passar revivendo-o melhor.

 

Seligman constatou em suas pesquisas com pacientes que faziam terapia psicológica para tratar depressão, que assim como a depressão volta quando o paciente para com o medicamento, da mesma forma o efeito da terapia tradicional acaba quando ela termina.

As terapias psicológicas hoje tendem cada vez a ser mais realistas. Se no século passado a tarefa do terapeuta era minimizar as emoções negativas, como a raiva e a tristeza, hoje há uma abordagem mais realista que é enfrentar as emoções negativas, para que a pessoa aprenda a funcionar mesmo quando ela está triste.

A terapia da Psicologia Positiva está além da prática que minimiza o sofrimento, ela ajuda o cliente a compreender que em determinados momentos de sua vida a raiva e a tristeza virão, e ele precisará reunir forças dentro de si para enfrentá-las.

É aí que entra o trabalho do terapeuta ou do Coach de capacitar o cliente a desenvolver os elementos do bem-estar em sua vida:

 

Seligman defende que a Psicologia Positiva é a disciplina capaz de dar o suporte científico e teórico com as evidências que um processo de Coaching necessita.

Toda pessoa, todo cliente quer ser feliz, e não é tirando a tristeza que o cliente fica feliz, uma terapia voltada a eliminação das emoções negativas apenas, deixará um vazio ao final.

 

Num processo terapêutico moderno é essencial:

 

1) Informar o paciente de que os remédios e as terapias apenas aliviam temporariamente os sintomas e que eles devem esperar a recorrência quando o tratamento encerrar. Eles devem aprender a lidar com isso e funcionar bem mesmo na presença dos sintomas.

 

2)O tratamento não termina quando os sintomas são aliviados. Os pacientes precisam aprender a praticar os 5 elementos da Psicologia Positiva em suas vidas para que o resultado da terapia se autossustente.

 

Exemplos de Aplicação prática da Teoria do Bem-estar

Empresas:

 

Auxiliando a alcançar metas realmente significativas,

 

Utilizar os princípios da Investigação Apreciativa, que nada mais é do que descobrir os pontos fortes de sua equipe e aperfeiçoá-los com foco em melhorar o desempenho e o engajamento da equipe com as metas organizacionais. Pois assim como as pessoas, as empresas também devem florescer, cultivando relacionamentos e criando sentido. É o que Seligman chama de Empresas Positivas, empresas que têm em sua cultura gratidão e a resposta ativa e construtiva para gerar oportunidades para engajamento, definição de metas “transformando empregos em chamados.”

 

Casamento:

 

O livro também nos dá exemplos de como utilizar os princípios da Psicologia Positiva para ter casamentos mais felizes e duradouros e nos revela que as pessoas ainda buscam o casamento, porque ele nos proporciona três tipos de amor:

O amor no qual recebemos cuidados

O amor no qual cuidamos de alguém

O amor romântico

 

Tratamento do Stress Pós Traumático:

 

Com foco em desenvolver a força através da ressignificação e tratamento das cicatrizes pós traumáticas, através da diferenciação entre uma tristeza normal e o transtorno em si. Estimulando o fortalecimento emocional em contraponto à vitimização, passando a ver no trauma uma possibilidade de fortalecimento psicológico.

Um estudo com 1700 pessoas que passaram por traumas como estupro, tortura e aprisionamento, morte de um filho, eram psicologicamente mais fortes do que as que não haviam passado por trauma nenhum. E essa força as estimulava ao Crescimento Pós Traumático, dando um sentido maior à sua vida, após terem sobrevivido ao trauma. Pois reconheciam a sua capacidade de enfrentar situações adversas, e promoviam uma reavaliação interna sobre o que realmente é importante e prioritário em suas vidas.

Seligman uniu-se a outros dois professores de Psicologia e com base nesse estudo desenvolveu o Curso de Crescimento Pós-Traumático que estimulava uma transformação pessoal através da:

Valorização da Vida,

Fortalecimento Pessoal,

Atitudes Pró-Ativas,

Melhores Relacionamentos

Aprofundamento Espiritualidade

Há cinco elementos que contribuem para o crescimento pós traumático:

1) Compreender a reação ao trauma

2) Redução da Ansiedade

3) Autorrevelação Construtiva

4) Falar sobre a experiência para compor uma narrativa que deve detalhar as forças pessoais mobilizadas no trauma, identificar quais relacionamentos melhoraram após o trauma, verificar como a vida espiritual fortaleceu a valorização da vida e reconhecer que novas portas se abriram.

5) Incluir novas maneiras de ser altruísta, criando uma nova identidade, sem culpa por ter sobrevivido, e sim se reconhecendo como uma pessoa dotada de uma compaixão recém adquirida que possibilita contar ao mundo uma importante verdade sobre como viver.

 

 

Educação

 

Seligman apresenta neste livro resultados de pesquisas que demonstram como podemos transformar a vida de jovens se utilizarmos a Psicologia Positiva em escolas, e nos alerta que há 50 anos a depressão costumava ocorrer em adultos na faixa de 30 anos, hoje ela atinge de forma assustadora, jovens com menos de 15 anos de idade.

O livro nos relata descobertas importantes para o Sistema Educacional, e estimula escolas a ensinarem tanto as habilidades de bem-estar, quanto as de realização sem comprometer nenhuma das duas.

Uma importante razão para que o bem-estar seja ensinado nas escolas é a avalanche de depressão entre os adolescentes, outra é que o bem-estar melhora a aprendizagem.

O pensamento crítico e o seguimento das regras é muito importante, no entanto as escolas não podem menosprezar o pensamento criativo, essencial para aprender coisas novas. Ensinar aos adolescentes o Bem-estar seria um antídoto à depressão e um modo de aumentar a satisfação com a vida auxiliando numa melhor aprendizagem e a um pensamento mais criativo.

Vale muito a pena que educadores leiam o livro que dá acesso ao resultado de uma pesquisa feita pelo governo do Reino Unido envolvendo 100 professores e 3000 alunos chamado: PROGRAMA DE RESILIÊNCIA PENN, considerado o mais pesquisado programa de prevenção à Depressão do mundo, que nada mais é, do que uma forma de ensinar Bem-estar nas Escolas. Este programa tem os seguintes objetivos:

Ensinar os alunos a lidar com problemas do dia a dia que são comuns na adolescência

Promover o otimismo

Ensinar os alunos a pensar de forma mais realista e flexível sobre os problemas

Ensinar a assertividade

Estimular o brainstorming criativo

Incentivar a tomada de decisão

Ensinar técnicas de relaxamento.

Desenvolver habilidades de enfrentamento.

 

 

E as descobertas básicas desse programa foram:

 

O Programa de Resiliência Penn reduz e previne os sintomas de depressão

Os efeitos duram pelo menos 2 anos

Reduz o sentimento de impotência

Aumenta o otimismo e bem-estar

Previne os níveis clínicos de depressão e ansiedade

Previne sintomas de depressão nos níveis moderados e graves

Previne transtornos de depressão e ansiedade

Previne a ansiedade com efeitos significativos de longo prazo

Reduz problemas de conduta

Diminui doenças físicas

Melhora a dieta e a prática de exercícios físicos

 

Estes resultados são alcançados através de exercícios que estimulam a gratidão, a utilizar as forças pessoais de novas maneiras, a identificar forças de caráter em si mesmos, nos amigos e em figuras literárias. Usar seus talentos para vencer desafios.

 

Resultados da Pesquisa:

 

Engajamento na aprendizagem, prazer na escola e realização

Melhorou as habilidades sociais dos alunos, como: empatia, cooperação, assertividade, autocontrole).

Reduziu a má conduta

 

Se você é educador e se interessou pelo tema vale a pena ler na íntegra o PROJETO DA ESCOLA SECUNDÁRIA DE GEELONG, Selligman conta neste livro como é a estrutura do curso para treinar professores e criar cursos independentes de Educação Positiva.

 

Resiliência:

 

 

A Psicologia Positiva desenvolve estudos com resultados impactantes sobre resiliência, por exemplo:após a preparação e adequação do treinamento feito em escolas para aplicar no exército, os pesquisadores se surpreenderam ao verificar que as mesmas questões que estão entre os civis, ocupam o pensamento dos soldados.

E o treinamento de desenvolvimento da resiliência foi dividido em 3 partes:

 

1) Desenvolver Resistência Mental- O que desencadeia a emoção não é a adversidade, mas as crenças sobre a adversidade. Separar a adversidade da emoção, descrevendo como se sente diante dela. Colocando foco nas armadilhas do pensamento como a Armadilha da Generalização. Identificando os Icebergs- crenças profundas que com frequência levam a reações emocionais desajustadas e determinar se o iceberg é significativo, se ele é correto, se é excessivamente rígido, e se é útil. A partir dessas análises minimizar os pensamentos catastróficos e aprender a avaliar a realidade tal qual ela se apresenta, colocando em perspectiva a situação, avaliando o pior caso, o melhor caso e o caso provável.

Essencial reconhecer que pensamentos catastróficos afetam o desempenho em diversas áreas da vida.

Existem 3 estratégias para desafiar crenças catastróficas em tempo real:

1- Reunir evidências

2- Usar o otimismo

3- Ver em perspectiva- concentrando-se no momento considerando uma coisa de cada vez para dominar a situação e assumir a responsabilidade apropriada.

 

2) Desenvolver Forças Pessoais- reconhecer os seus talentos naturais e verificar de que forma contribuem com os relacionamentos pessoais, com sua missão de vida e como auxiliam a vencer desafios.

 

3) Desenvolver Relacionamentos Fortes- aceitar que os fortes pedem ajuda, compreender que é possível confiar nas pessoas e aprender a se comunicar de forma mais assertiva.

Seligman nos ensina um modelo de comunicação assertiva em 5 passos:

1- Identifique e trabalhe para compreender a situação

2- Descreva a situação objetivamente e com exatidão

3- Expresse suas preocupações

4) Pergunte a outra pessoa quais são suas perspectivas e trabalhe no sentido de uma mudança aceitável.

5) Relacione os benefícios que surgirão com a implementação dessa mudança.

 

 

Saúde Física

 

Há um capítulo inteiro dedicado a explicação de como variáveis psicológicas influenciam o adoecimento, relatando pesquisas sobre doenças cardiovasculares, psiquiátricas, infecciosas, baixa imunidade e câncer, Seligman elenca neste capítulo várias pesquisas sobre a relação entre estado emocional e a saúde.

 

 

Conclusão:

 

Segundo a Psicologia Positiva “A opção saudável ao pensamento negativo não é o pensamento positivo, mas o pensamento crítico. Nós não ensinamos um pensamento positivo estúpido. O que ensinamos é pensamento crítico: as competências do raciocínio para distinguir entre cenários pessimistas irracionais, que paralisam a ação, e os cenários mais prováveis. Esta é uma competência de raciocínio que estimula o planejamento e a ação.”

Florescer -Martin Seligmann

 

 

Se você deseja conhecer a Psicologia Positiva, ler esse livro é beber direto da fonte.