Beira Mar Koerich Office

Av. Mauro Ramos, 1970 - Centro, Florianópolis - SC,

contato@belmattos.com

Programa: Nove Minutos

Local: Rádio Nove Minutos

Número: 01

Coach: Izabel Mattos

Assunto: Liderança Sistêmica

Tema: Sistemas de Apoio e Liderança Sistêmica

#liderançasistemica #sistemasdeapoio #movimentosistemico 

  

Olá

Tudo bem com vocês?

Eu sou Izabel Mattos

Estou falando com vocês aqui de Florianópolis e estou muito feliz por estarmos iniciando juntos esse projeto chamado Nove Minutos.

Um projeto que busca unir pessoas que tem o propósito de se desenvolver e de  contribuir  através da troca de experiências, de conhecimentos, de histórias e aprendizados.

 

Eu sou Coach e empresária  há mais de 20 anos aqui no Brasil e pra mim será um grande prazer aproveitar estes nove minutos semanais para conversar com você sobre liderança através de uma visão sistêmica.

 

E como esse é o nosso primeiro encontro eu achei legal a gente refletir sobre esse movimento sistêmico que fez com que nós estivéssemos hoje conectados através desse Projeto.

Mas afinal de contas o que é um sistema?

Se formos buscar o conceito da palavra Sistema, veremos que Um sistema são elementos que estão interligados entre si numa contínua relação de mudança”.

Neste caso específico podemos dizer que um sistema pode ser qualquer grupo de pessoas que trabalha, aprende, se diverte ou se relaciona em conjunto.

Se você parar pra pensar verá que todos nós já nascemos inseridos num sistema familiar e no decorrer das nossas vidas nos relacionamos com vários outros sistemas.

E sabe por que isso acontece?

Porque um dos mais fortes instintos humanos é o instinto de pertencimento

É próprio da nossa natureza nos sentirmos confortáveis quando nos “encaixamos bem” em determinado grupo e é muito comum também nós ficarmos muito incomodados quando não somos bem aceitos num grupo de trabalho, de amigos ou até mesmo na nossa família.

Quem já experimentou a sensação de se sentir excluído, sabe exatamente do que eu estou falando.

Da mesma forma como é bom, quando num local onde não conhecemos ninguém,  logo vem alguém que nos incluí no grupo, nos acolhe , nos apresenta e faz com que a gente se sinta bem-vindo, como é gostoso quando esse acolhimento acontece, toda a ansiedade se acalma e nós  nos sentimos pertencendo, segundo Bert Hellinger, que é o pai de uma metodologia  Psicoterápica chamada de Constelações  Familiares, o direito de Pertencer é uma das nossas necessidades básicas.

E como aqui nós trataremos de Liderança Sistêmica, é importante que você saiba que não é só Bert Hellinger que trata desse tema.

Há vários estudos das mais diversas áreas, como Antropologia, Sociologia, Economia e Psicologia, enfim… que comprovaram que qualquer pessoa que realizou coisas importantes para a humanidade, teve um sistema de apoio que contribuiu para que essa pessoa se desenvolvesse até o ponto de conquistar o que ela jamais conquistaria sozinha.

 

E aqui, cada um de nós, que estamos envolvidos nesse projeto chamado Nove Minutos queremos poder ser de alguma forma um desses seus sistemas de apoio.

Porque Sistemas de apoio nos fortalecem de várias maneiras, tem aqueles que nos incentivam e nos encorajam,  por exemplo você provavelmente  conhece alguém que costuma te colocar pra cima, te elogiar, dizer que tudo vai dar certo, esse é um sistema de apoio que nos faz um bem danado porque ele nos fortalece quando  nos valoriza por quem a gente é e pelo que a gente faz.

Mas não é só esse tipo de sistema de apoio que existe.

Tem aqueles sistemas de apoio que nos ensinam alguma habilidade ou conhecimento importante, como um típico sistema escolar, por exemplo.

Há também sistemas que nos acolhem quando precisamos de colo, nos dando todo o aconchego que precisamos em momentos que tudo o que precisamos é um carinho.

E acredite ninguém, mas ninguém entra na nossa vida por acaso!!

Algumas vezes tem um sistema de apoio que parece que está ali só para nos derrubar, para nos impedir de chegar onde desejamos, mas na verdade o que ele está fazendo é nos ajudando a desenvolver a resiliência necessária, para que tenhamos a flexibilidade e a força que vamos precisar para chegar lá onde nós queremos. Sem esses sistemas que tornam a nossa caminhada mais difícil, ninguém sai da mediocridade.

E é muito importante sentirmos gratidão por eles também. Os sistemas que nos desafiam a ser quem nunca fomos, para chegar onde nunca sequer imaginávamos que seríamos capazes de ir se eles de alguma forma não nos estimulassem a sair de nossa zona de conforto. Sem eles nós não estaríamos hoje aqui onde nós estamos. Você já pensou nisso?

Realmente ninguém entra na nossa vida por acaso. E se eu estiver aberta para aprender em cada relacionamento, atenta a cada encontro que a vida me proporciona, com uma intenção sempre alerta, buscando descobrir: o que aquela pessoa veio me ensinar que eu precisava aprender?

Quando agimos dessa forma, nos posicionando como eternos aprendizes das mais diversas oportunidades que a vida nos apresenta, viveremos muito mais em paz, inclusive nos momentos de conflito. Por que nessas situações estaremos abertos para fazer uma escuta ativa nos momentos em que ouvimos as palavras mais difíceis de se ouvir.

É nesse momento que eu tenho a responsabilidade de reconhecer o impacto que meu posicionamento terá na minha vida, nos meus relacionamentos e no futuro que eu desejo pra mim. Porque o Sistema que eu estou incluída é cocriado por mim todos os dias em todas as minhas atitudes. E o que significa dizer que o Sistema é cocriado por mim? Significa que a forma como eu me posiciono, a forma como eu ajo, a forma como eu interajo com as pessoas, a forma como eu tomo decisões terão resultados de pequeno, médio e longo prazo, Como eu posso reconhecer a influência que eu tenho podendo experimentar num momento de conflito a realização mais profunda de saber que mesmo com todas as diferenças individuais, com todas as diferenças de crenças, de fé, de valores eu posso ter resultados positivos num momento de conflito porque eu escolho viver num estado de paz. E reconhecendo o imenso poder que eu tenho como indivíduo eu posso realmente cocriar o sistema em que eu estou inserida.

Lembra da definição de sistema?

Elementos que se relacionam num contínuo processo de mudança?

É isso!

Como eu posso provocar mudanças significativas no meu sistema, assumindo uma postura consciente dos resultados que eu quero.

Isso é liderança sistêmica, é provocar de forma consciente movimentos sistêmicos que me possibilitarão chegar lá onde eu quero.

Porque independente de eu querer ou não, mesmo que eu não faça nada, o fato de eu não fazer nada também implicará em resultados. Isso é o que eu chamo de movimento sistêmico. As vezes uma atitude boba, mas coerente com a nossa verdade nos aproxima do que desejamos para o nosso futuro, da mesma forma uma atitude incoerente ou até mesmo uma falta de atitude irá nos afastar de onde queremos chegar.

Então termino aqui esse primeiro programa do Projeto Nove Minutos, foi uma honra inaugurar esse projeto, com o seguinte questionamento:

O que está no seu controle fazer para que você tenha a vida que você deseja?

E melhor ainda o que está no teu controle fazer hoje, que você não está fazendo, para ter a vida que você deseja, seja na esfera familiar,econômica, amorosa ou profissional?

O que está no seu controle que você não está fazendo?

Que movimento sistêmico você está provocando com a sua atitude ou com a sua falta de atitude?

 

Pense nisso, e eu te aguardo aqui , semana que vem neste mesmo horário, para conversarmos sobre como utilizar de uma forma assertiva a força que temos dentro de nós para alcançarmos nossos objetivos.

 

Um forte abraço e até semana que vem!